Remédios para pressão e colesterol X Alzheimer

alzpetterson

Efeitos dos remédios para pressão e colesterol no surgimento de Alzheimer

Nas sessões anuais da Associação Americana do Coração, foi apresentando um grande estudo averiguando qual o efeito na cognição de 1626 pacientes acima de 70 anos, após 5,6 anos de uso de medicamentos para pressão (candesartan/hctz) ou para colesterol (rosuvastatina).

O interesse existe porque alguns estudos prévios sugerem que o uso de medicamentos para pressão PREVINE a perda de memória e o surgimento de Alzheimer, ao mesmo tempo em que há estudos retrospectivos indicando que poderia haver piora da cognição com o uso dos medicamentos para colesterol (estatinas).

No estudo em questão, os medicamentos em questão foram comparados com placebo. O resultado apresentado não mostrou qualquer efeito, para ambas drogas. A pressão reduziu, o colesterol reduziu, mas não houve aumento (ou redução) dos casos de demência em ambos grupos; também não houve diferença na memória ou cognição.

Então, os medicamentos para colesterol podem ser usados sem receio de que isso causa perda de memória no futuro; e o tratamento para pressão alta não pode ser utilizado como prevenção para demência.

Fonte: http://www.medscape.com/viewarticle/871836

 

 


Comentários

Deixe um Comentário