Número de desnutridos e obesos no mundo

adocante-petterson1

O periódico Lancet publicou um importante estudo analisando a distribuição da obesidade e da desnutrição ao redor do mundo, nos anos de 1975 e 2014, através de 1698 fontes diferentes de dados populacionais. A altura e o peso médio das pessoas foram analisados de acordo com o IMC (Kg/m2), que define se o indivíduo é subnutrido (<18,5), severamente obeso (35-40) ou morbidamente obeso (>40), além de várias classificações intermediárias.

Os resultados mostram que o IMC médio do mundo aumentou de 21,7 em 1985 para 24,2 em 2014 nos homens, e 22,1 para 24,4 nas mulheres, sendo que 25 é o limite máximo do normal (acima disso é sobrepeso).

Os extremos em 2014 são a África Central e o sul da Ásia, com média 21,4 e Polinésia/Micronésia, com média  29,2, para homens. Nas mulheres, os extremos foram sul da Ásia com 21,8 e 32,2 na Polinésia/Micronésia, sendo que acima de IMC 30 é considerado obesidade.

A proporção de desnutridos caiu nestas 4 décadas no mundo, de 13,8% para 8,8% entre os homens, e de 14,6% para 9,7% nas mulheres. O local do mundo com a maior fração de subnutridos em 2014 era o sul da Ásia, com 24%.

A proporção de obesos (IMC > 30) no mundo aumentou de 1975 para 2014, passando de 3,2% para 10,8% em homens e de 6,2% para 14,9% em mulheres. A fração de pessoas severamente obesas no mundo é 2,3% para homens e 5% para mulheres, e os morbidamente obesos são 0,64% dos homens e 1,6% das mulheres.

As figuras mostram a distribuição do IMC médio em diferentes países do mundo em 2014.

homens

mulheres

Os autores estimam que, se as tendências atuais permanecerem, em 2025 a prevalência de obesidade no mundo vai passar de 20%, e, apesar disso, desnutrição seguirá prevalente nas regiões mais pobres do mundo, especialmente no sul da Ásia.

Fonte:http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(16)30054-X/fulltext?elsca1=etoc&amp;elsca2=email&amp;elsca3=0140-6736_20160402_387_10026_&amp;elsca4=Public%20Health%7CInfectious%20Diseases%7CHealth%20Policy%7CInternal%2FFamily%20Medicine%7CGeneral%20Surgery%7CLancet


Comentários

Deixe um Comentário