Infarto

infart

Infarto é o nome popular usado para designar o Infarto do Miocárdio, condição onde parte do coração fica subitamente sem fluxo de sangue e morre. O sangue que mantém o coração vivo e trabalhando é levado até todas partes dele por um sistema de “encanamento” chamado artérias coronárias. As coronárias tem um diâmetro pequeno (menos de 4mm) e são muito suscetíveis a entupir com placas de gordura, chamadas de ateromas. Esses ateromas são produzidos por colesterol, pressão alta, tabagismo, diabetes, fatores genéticos, obesidade, etc e se formam e crescem lentamente, ao longo de vários anos, normalmente sem causar qualquer sintoma (ver tópico aterosclerose). Esporadicamente, esses ateromas racham e, nesse momento, pode-se formar um coágulo de sangue em cima da rachadura. Se o coágulo de sangue for muito grande, ele interrompe completamente a passagem de sangue pela coronária, levando a um infarto do miocárdio. Somente nesse momento é que costuma surgir o primeiro sintoma, e o mais comum é dor no peito. Cerca de metade das vezes, o infarto é fatal,e a maior parte dos óbitos ocorre nos primeiros minutos, antes que o paciente tenha socorro médico.

O infarto do miocárdio é extremamente comum, e uma das principais causas de morte entre adultos no Brasil, atingindo tanto homens como mulheres. Felizmente, a medicina atual é capaz de prevenir com sucesso a maior parte dos infartos, através de tratamentos simples.

Sugerimos que todo adulto faça pelo menos uma vez uma consulta médica para estimar seu risco de sofrer um infarto. Se o risco for alto, pode ser reduzido de diversas maneiras. Não esqueça que a doença que causa infarto (ateromas) não costuma causar sintomas, então, mesmo quem não sente nada pode estar sofrendo grande risco de infarto.

Para saber se você corre risco de sofrer um infarto, agende uma consulta para discutir o assunto com um profissional especializado.


Comentários

09/04/2017 20:33

Roseli raminelli

Reply

Oi eu tomo sotalou mas sinto meu coração palpitar forte falta de ar parece que estou sufocada mais quando eu deito fico em repouso toda ves que acordo fico com o coração e o peito tremendo parece que vou desmaiar faz ums 2 anos fis os exames meu coração deu com uma leve crescimento que Faso

12/04/2017 18:28

Carlos Henrique Petterson

Reply

Boa tarde. Existem inúmeras coisas diferentes que podem estar acontecendo e causando estes sintomas incômodos; somente uma consulta com um cardiologista é que poderá resolver o problema; talvez sejam necessários exames complementares, a serem definidos durante a consulta.

15/04/2017 01:13

Oi sou Silvne Moura

Reply

Em 2008 fiz alguns exames que diziam que na Poplitéa observava-se incompetência valvar, com refluxo as manobras compressivas proximais. Veia safena interna ou magna apresenta-se com diâmetro preservado e com válvula safeno-femoral competente. Fluxo preservado em toda safena maior.
Veia safena externa ou parva apresenta-se com diâmetro preservado e com válvula competente, com fluxo preservado.
Incompetência valvar da Poplitéa.
O médico falou que não teria o que fazer, pela sua profundidade e alcance.
Haveria alguma solução para o meu caso. ?

10/05/2017 11:34

Carlos Henrique Petterson

Reply

Bom dia. Sua dúvida é a respeito do sistema venoso das pernas, o que não é da área de competência da cardiologia; quem pode lhe ajudar é um cirurgião vascular.

02/05/2017 23:29

Dana

Reply

Oi meu pai teve infarto e ficou com a mão. Seca o médico. Disse que não. Era secuela. Porque. O procedimento. Não. Foi feito pela mão. Dele

10/05/2017 11:35

Carlos Henrique Petterson

Reply

São necessários mais esclarecimentos para comentar este caso.

Deixe um Comentário