Eletrocardiograma

eletrocardiograma-455x341

O eletrocardiograma em repouso é o exame complementar mais antigo da cardiologia (1895), e ainda é o mais usado, por ser simples, amplamente disponível, inofensivo e por fornecer várias informações essenciais. O exame pode ser realizado em qualquer hora do dia, sem jejum, sem preparo especial. O paciente deita em uma maca e a técnica afixa presilhas em seus tornozelos e pulsos, além de 6 pequenas peras no peito. Não há risco de choques elétricos. Em poucos segundos, o computador recebe as informações provenientes destes 10 sensores e armazena um traçado de eletrocardiograma completo. O processo todo não leva mais do que 5 minutos. O resultado do eletrocardiograma deve ser interpretado por um cardiologista.

Apesar de o eletrocardiograma não “pegar” todas doenças do coração e muitas vezes não dar o diagnóstico final, ele continua sendo essencial na maioria das situações, pois as informações que ele fornece vão direcionar o que deve ser feito após.


Comentários

Deixe um Comentário