Cocaína causa derrames

adiccion-cocaina copy

Há poucas semanas, na Conferência internacional sobre derrame (AVC) da Associação Americana de AVC, o dr Yu-Ching Cheng, de Baltimore, apresentou seu estudo a respeito da associação entre AVC e o uso de cocaína.

Para tanto, o pesquisador e seus colaboradores compararam 1101 pacientes de 15 a 49 anos de idade, da região de Baltimore, que tiveram AVCs entre 1991-2008 com 1154 pessoas (controles) das mesmas idades, da população geral da região.

O histórico de uso de cocaína nas últimas 24h antes do AVC mostrou-se fortíssimo. O pesquisador estimou que o risco de AVC aumenta cerca de 7 vezes nas primeiras 24h após o uso desta droga. Isto é muito mais do que o risco causado pela pressão alta, por exemplo. O perigo foi maior em mulheres, onde aumenta até 12 vezes, do que em homens.

O pesquisador alerta que cocaína não é apenas aditiva, mas também pode levar à morte ou sequelas por AVC. “Com poucas exceções,” ele declarou, “acreditamos que todos jovens com AVC devem ser rastreados para uso desta droga no momento da internação hospitalar”.

E o dr Larry Goldstein, moderador da sessão, salientou que entre um quarto e um terço destes jovens relataram ter usado cocaína alguma vez, o que é assustador. Ele acrescentou que a cocaína na forma de crack é pior do que em pó, pois atinge concentrações mais altas no sangue. “Não use cocaína”, disse ele, “você pode terminar sem conseguir falar ou sem conseguir movimentar um lado do corpo por ter feito isto”.

 Fonte: http://www.medscape.com/viewarticle/820592


Comentários

Deixe um Comentário