Antibióticos causam “ataque cardíacos”?

1967055887

Em março de 2013, o FDA, órgão do governo americano que regula o uso de medicamentos, alertou que o antibiótico azitromicina possuía o risco de causar arrimtias cardíacas fatais em pacientes com problemas prévios no coração.

A edição de março e abril dos Anais de Medicina Familiar, revista americana de medicina, publicou um estudo do dr Gowtham, de Columbia, nos EUA, corroborando esta análise e comparando este antibiótico com outros 2. Os pesquisadores analisaram os dados de uma coorte de americanos que receberam prescrições de 3 antibióticos diferentes: 980.000 receberam amoxacilina, que é um antibiótico antigo e sem relação conhecida com toxicidade cardíaca; 595.000 receberam azitromicina e 200.00 levofloxacino.

Os pesquisadores publicaram que, durante os dias de uso da azitromicina, o risco de morte aumentou 48% e o risco de arritmia cardíaca grave aumentou 77%, quando comparado aos indivíduos que usaram amoxacilina. E o outro antibiótico em questão, o levofloxacino, também esteve relacionado a um aumento de eventos: durante os primeiros 5 dias de seu uso, o risco de morte aumentou 149% e o risco de arritmia grave aumentou 143%; durante os dias 6 a 10, aumentou 95% e 75% respectivamente.

Infelizmente, estes dois antibióticos acusados de causar complicações cardíacas são utilizados abundantemente, mesmo para infecções de baixa gravidade. Como grande parte das infecções comuns podem ser tratadas sem a utilização deles, cabe ao médico avaliar o histórico e a situação cardiológica do paciente antes de optar pela utilização de levofloxacino, azitromicina ou de antibióticos mais seguros.

Fonte:

Rao GA, Mann JR, Shoaibi A, et al. Azithromycin and levofloxacin use and increased risk of cardiac arrhythmia and death. Ann Fam Med 2014; 12: 121-127. DOI:10.1370/afm.1601. Available at: http://www.annfammed.org.


Comentários

23/02/2016 20:27

Bruna

Reply

Há um ano atrás, tive Miocardiopatia Periparto e ontem comecei o uso de azitromicina para tratar uma tosse que poderia causar pneumonia. Me senti mal e meus batimentos estão estranho. Acompanho pelo oxímetro e em repouso, fica entre 43/55 e se eu vou do quarto para cozinha, meus batimentos chegam a 130. Tive diarréia e fiquei preocupada. Se eu tivesse lido essa matéria antes, não teria tomadona segunda dose de azitromicina. Meu cardiologista ficou marcado para amanhã, vocês acham que eu devo me antecipar?

10/03/2016 13:54

Carlos H Petterson

Reply

Obrigado pelo comentário, Bruna. Infelizmente, nosso site não possui agilidade suficiente para respondermos no mesmo dia, vejo que agora já deve ter consultado.

Deixe um Comentário