Acidente Vascular Cerebral ou “Derrame”

AVC

“Derrame” é o termo leigo usado para designar o que os médicos chamam de AVC (Acidente Vascular Cerebral), ou seja, uma alteração súbita no funcionamento do cérebro, causada por uma dificuldade na circulação de sangue nesse local. Existem 2 grandes subtipos de AVC:

AVC hemorrágico: é aquele que ocorre quando há um sangramento dentro do cérebro.

AVC isquêmico: é o mais comum, ocorre quando há obstrução súbita na passagem de sangue no cérebro (“entupimento”).

Em ambos casos, a conseqüência costuma ser a morte, em poucos minutos, de parte do cérebro. E os sintomas vão depender da região do cérebro afetada. Muitas vezes as seqüelas são devastadoras (paralisia, perda da capacidade de falar, etc).

Normalmente, o AVC é conseqüência de outra doença, muitas vezes não detectada previamente, como por exemplo a pressão alta, alterações do colesterol, diabetes, arritmias cardíacas, aneurismas, defeitos cardíacos, etc. O AVC pode ser prevenido procurando-se e tratando essas doenças.

E, após um AVC, a existência dessas doenças também deve ser investigada, visto que, se não tratadas, existe grande risco de o paciente sofrer outro AVC.

Para saber se você corre risco de sofrer um AVC, agende uma consulta para discutir o assunto com um profissional especializado.


Comentários

Deixe um Comentário