4 dicas para ter saúde

dedos

No dia 2 de junho o periódico médico American Journal of Epidemiology publicou um estudo interessante, averiguando o efeito de 4 hábitos simples e saudáveis na saúde cardiovascular.
Os 4 hábitos analisados foram;

1) manter o peso adequado;
2) não fumar;
3) alimentar-se adequadamente (dieta Mediterrânea);
4) praticar atividade física (pelo menos 150min por semana).

Foi então definido um “escore de hábitos saudáveis” que varia de 0 a 4, de acordo com o número de hábitos saudáveis adotado por cada pessoa. Para avaliar a saúde cardiovascular, os autores utilizaram-se da base de dados do estudo MESA, que, entre outros dados, mede escore de cálcio periodicamente em mais de 6000 adultos americanos. O escore de cálcio é medido por tomografia e corresponde à quantidade de cálcio existente nas paredes das artérias coronárias do coração. Sabe-se que os entupimentos destas artérias coronárias é que levam aos infartos, e o cálcio costuma estar presente nestes entupimentos. Um indivíduo saudável não tem entupimentos nem cálcio nas coronárias. Então, quanto mais escore de cálcio, mais doença, e mais risco de infarto e morte. E o escore de cálcio tende a aumentar com a idade, já que a presença de entupimentos (aterosclerose) aumenta com a idade.

Assim, os autores cruzaram os dados de escore de cálcio com o “escore de hábitos saudáveis” e descobriram que, num intervalo de 3 anos, as pessoas com 1 hábito de vida saudável tiveram uma progressão no escore de cálcio 3.5 pontos mais lenta do que as pessoas sem hábitos saudáveis. Com 2 hábitos, 4.2 pontos mais lenta, com 3 hábitos, 6.8 pontos mais lenta, e com 4 hábitos, 11.1 pontos mais lenta do que as pessoas com zero hábitos saudáveis. Ou seja, a aterosclerose, quando presente, evoluiu mais lentamente em quem tem mais hábitos saudáveis de vida.
Mas o dado mais interessante foi que, num período de apenas 7 anos de observação, o “escore de hábitos” teve influência direta na mortalidade: a chance de morrer, para os escores de 1 a 4, foi respectivamente 21%, 39%, 51% e 81% menor do que nos participantes com escore zero. Isto é, cada hábito saudável adotado reduziu enormemente a chance de morte.

Outros números de interesse revelados pelo estudo:
– Apenas 2% da população tinha todos os 4 hábitos saudáveis.
– O efeito do fumo é devastador: os participantes que possuíam todos os outros 3 hábitos saudáveis, mas fumavam, tiveram evolução pior do que aqueles cujo único hábito saudável era não fumar. Ou seja, quando a pessoa mantém o peso correto, pratica exercícios e tem uma dieta ótima mas fuma, está pior do que aquelas pessoas acima do peso, sedentárias, que comem errado mas não fumam.

E você, já somou 4 no seu escore de hábitos?

Fonte: Ahmed HM, Blaha MJ, Nasir K, et al. Low-risk lifestyle, coronary calcium, cardiovascular events, and mortality: results from MESA.Am J Epidemiol 2013; DOI:10.1093/aje/kws453. Available at: http://aje.oxfordjournals.org.


Comentários

Deixe um Comentário